Amor para sempre

Não amo pelos lindos olhos Continuar lendo “Amor para sempre”

Anúncios

OS DIFERENTES IGUAIS

Como é difícil aceitar o diferente em você

Que não entende o diferente em mim

Talvez porque o teu diferente seja igual ao meu

Os diferentes na verdade são indiferentes

Porque somente os iguais mexem com a gente

E mexem para modificar ou aceitar o que está dentro da nossa mente.

A ILUSÃO DO MUNDO CAPITALISTA

Não sei exatamente quanto ganho

Ganho o quanto trabalho

Não sei quanto gasto

Gasto o quanto preciso

Acho que gasto pouco

Não ganho pra tanto gasto

Nem sempre tenho trabalho

Para pagar o que gasto

Porque sempre gasto mais que preciso.

#bruxinhanaestrada

Poesia by Elaine Yara Uhlmann.

O LIXO QUE VALE OURO

O lixo que vale ouro

Ultimamente tinha um acontecimento que me constrangia muito na minha cidade natal no Brasil.

Frequentemente quando ia colocar o lixo no único container que existia para todos os tipos, encontrava uma pessoa dentro do mesmo, procurando coisas que lhe interessavam.

Depois disso vim para o Canadá(Toronto) passar uma temporada, levei alguns dias para me adaptar às mudanças em relação a separação do lixo.

Fiquei impressionada com a organização do governo neste setor.

No Canadá o processo é tão complexo que precisamos de um manual de instruções.

A coleta de lixo se faz em diversos compartilhamentos:

* Green bin (balde verde) = são colocados os resíduos orgânicos como restos de comida, cascas de frutas, ovos e outros materiais permitidos para a produção de compostagem, adubos e são vendidos para serem utilizados em jardins e produção agrícola.

Blue box (caixa azul)= são colocados apenas materiais recicláveis como caixas de papelão, potes de enlatados, garrafas pets etc…

Garbage (caixa preta)= vai para o lixo tudo que não pode ser reciclado.

Existe outros tipos de separação como yardawaste (resíduos de jardim.

Outros lixos tipo móveis grandes ficam na calçada e muitas pessoas levam para mobiliar suas casas, principalmente os imigrantes recém chegados. E se isso não acontece, o dono dos móveis ligam para a prefeitura e eles recolhem.

Se a separação não for feita corretamente, existe uma fiscalização e as multas são altas e é por isso que o imigrante que chega se adapta rapidamente.

Então eu pergunto:

É difícil e caro o governo brasileiro adotar esse sistema de coleta de lixo?

Quem sabe, seria está uma maneira de iniciar uma mudança no Brasil?

By Elaine Yara Uhlmann

#bruxinhanaestrada

B O L H A S

Bolhas…

Que nos envolvem e não nos deixam sair do lugar

É seguir o mesmo caminho todos os dias

Pensamentos que não mudam

Sentimentos que não evoluem

Conhecimentos estagnados

Emoções não resolvidas

É o apego aos bens materiais

É o medo do novo que atrapalha

Bolhas…

São tão frágeis

Basta o primeiro passo

De vez em quando desvie do caminho

Abra-se para novos pensamentos

Busque auto conhecimento

Amplie a mente com novos aprendizados

Compreenda, ame e perdoe

Desapegue

E o medo?

Bom…o medo se foi.

O MEDO ESTAMPADO

Porto Alegre, alegre que me encantava

Já não me encanta mais

No rosto das pessoas

A tristeza e o medo

Caminhando pela Borges de Medeiros

Onde deveria ser um dos pontos turísticos da cidade

Várias casas montadas entre os arcos do viaduto

Enquanto pessoas caminham concentradas, sisudas com medo de serem assaltadas

Outros dormem em seus quartos

Embaladas ao som das pisadas fortes dos caminhantes

E na rua, dentro dos carros

Outro mundo se manifestando

Sem manifestos

Eu queria tirar uma foto

Para registrar

Ou quem sabe, denunciar

Mas, também tive medo.

Sombras

Perdão…

Por não aceitarmos o outro como ele é 

Porque encontramos nele aquilo que não queremos ver em nós mesmos 

Perdão…

Por não sermos felizes 

Porque não aceitamos o lado escuro que reside em nós 

Perdão…

Por não termos amado como você queria 

Porque no fundo também não fomos como sempre quisemos 

Perdão…

Por não termos te feito feliz

Porque não podemos dar aquilo que não sentimos

Perdão…

Por não sermos aquilo que esperavas

Porque o que esperamos e rejeitamos nas pessoas 

É a sombra que está escondida dentro de nós.

Poesia by Elaine Yara Uhlmann #Bruxinhanaestrada 

Fotografia #CartagenadasIndias


ÚLTIMO DIA

A vida vale a pena

Quando você torce

Para o dia não acabar.

Para o final de semana

Não chegar.

Vale a pena

Quando você não percebe

Que o fim do mês chegou.

Quando você não espera

O feriado

O aniversário 

O ano novo.

Somente terá valido a pena

Quando você algum dia

Olhar para trás 

E não viu o tempo passar

Porque viveu cada dia

Como se fosse o último 

Da sua vida.

Poesia e fotografia by Elaine

#bruxinhanaestrada 


Porto Alegre 

 Porto Alegre e seus encantos.

#Bruxinhanaestrada 


Nativa equatoriana 

Fotografia tirada em Quito (Equador)

#Bruxinhanaestrada


PORTO SEGURO 

Onde está o porto seguro  Continuar lendo “PORTO SEGURO “