Amor para sempre

Não amo pelos lindos olhos Continuar lendo “Amor para sempre”

Anúncios

O MEDO ESTAMPADO

Porto Alegre, alegre que me encantava

Já não me encanta mais

No rosto das pessoas

A tristeza e o medo

Caminhando pela Borges de Medeiros

Onde deveria ser um dos pontos turísticos da cidade

Várias casas montadas entre os arcos do viaduto

Enquanto pessoas caminham concentradas, sisudas com medo de serem assaltadas

Outros dormem em seus quartos

Embaladas ao som das pisadas fortes dos caminhantes

E na rua, dentro dos carros

Outro mundo se manifestando

Sem manifestos

Eu queria tirar uma foto

Para registrar

Ou quem sabe, denunciar

Mas, também tive medo.

Sombras

Perdão…

Por não aceitarmos o outro como ele é 

Porque encontramos nele aquilo que não queremos ver em nós mesmos 

Perdão…

Por não sermos felizes 

Porque não aceitamos o lado escuro que reside em nós 

Perdão…

Por não termos amado como você queria 

Porque no fundo também não fomos como sempre quisemos 

Perdão…

Por não termos te feito feliz

Porque não podemos dar aquilo que não sentimos

Perdão…

Por não sermos aquilo que esperavas

Porque o que esperamos e rejeitamos nas pessoas 

É a sombra que está escondida dentro de nós.

Poesia by Elaine Yara Uhlmann #Bruxinhanaestrada 

Fotografia #CartagenadasIndias


ÚLTIMO DIA

A vida vale a pena

Quando você torce

Para o dia não acabar.

Para o final de semana

Não chegar.

Vale a pena

Quando você não percebe

Que o fim do mês chegou.

Quando você não espera

O feriado

O aniversário 

O ano novo.

Somente terá valido a pena

Quando você algum dia

Olhar para trás 

E não viu o tempo passar

Porque viveu cada dia

Como se fosse o último 

Da sua vida.

Poesia e fotografia by Elaine

#bruxinhanaestrada 


Porto Alegre 

 Porto Alegre e seus encantos.

#Bruxinhanaestrada 


Nativa equatoriana 

Fotografia tirada em Quito (Equador)

#Bruxinhanaestrada


PORTO SEGURO 

Onde está o porto seguro  Continuar lendo “PORTO SEGURO “

As grandes e as pequenas 

Minhas crianças 

Que não são mais minhas

Nem são mais crianças 

Mas nos deixam de presente

Outras crianças 

Para alegrar a vida

De quem ainda

Não deixou 

De ser criança.

#bruxinhanaestrada 

O mundo é meu país 

Já dividiram o mundo

E agora

Querem dividir o país 

Demarcar terras

Para separar o quê?

Pra quê?

A gente é uma família 

Nossa família não é só 

Pai, mãe, irmãos…

Nossa família é o mundo

Gaúcho e nordestino

Alemão e africano

Brasileiro e argentino 

Vamos juntar tudo

Formar um só país 

Imagine o mundo

Sem fronteiras 

Sem ódio 

Sem preconceito

Em completa união 

Vivendo como irmão 

Sem separação.

Foto by Marcio Rodrigues.

#Bruxinhanaestrada 


Os muros

Continuar lendo “Os muros”

Reflexo 

Igreja da minha cidade (Venâncio Aires) refletida em uma poça d’água

#Bruxinhanaestrada